Maus-tratos e canibalismo: cachorros são soltos após um mês de abandono

Proprietários de um imóvel no bairro Barrocão, em Itaitinga, abandonaram um grupo de cachorros há cerca de um mês sem alimentos e os cuidados devidos. Um vizinho notou que havia algo errado e decidiu filmar os animais como forma de denúncia e pedido de socorro. Para sobreviverem, os animais estavam se alimentando de um cão já morto. O crime de maus-tratos e abandono prevê pena de prisão.

Por Vivian Sales

Quando escutamos aquela frase “qual o melhor amigo do homem?” de imediato remetemos ao cachorro. Essa é uma afirmação, contudo, que não impede que tais animais sejam vítimas de maus-tratos e abandonos. O caso mais recente ocorreu no bairro Barrocão, na zona rural do município de Itaitinga (Região Metropolitana de Fortaleza). Na tarde da sexta-feira passada, dia 11, os moradores foram surpreendidos com a notícia compartilha em redes sociais do município sobre um grupo de cachorros que teriam sido abandonados em uma residência naquela localidade. Após um mês passando fome e sede, os cães que conseguiram sobreviver estavam se alimentando de um cachorro que estava morto no mesmo imóvel, configurando um ato de canibalismo animal que horrorizou a todos os vizinhos.

De acordo com Paulo Augusto, morador da casa ao lado e autor do vídeo que circulou nas redes, ele resolveu filmar o imóvel do vizinho com o objetivo de denunciar a situação dos animais abandonados, uma vez que os proprietários há dias não retornavam ao local.  O homem resolveu pedir ajuda divulgando o vídeo porque há dias os donos da residência não retornavam. Ele também sentiu um mau cheiro vindo da casa onde estavam os cachorros. Para tanto, Paulo Augusto afirma ter subido o muro para poder filmar e descobrir o que estava acontecendo.

Os cães receberam os cuidados iniciais e foram levados a um abrigo pela Defesa Civil. Reprodução do Instagram

“O muro é bastante alto, então resolvi pedir ajuda a uma vizinha e consegui subir para ver o que estava acontecendo. Fui surpreendido com a cena macabra dos três cachorros se alimentando de um cachorro que estava morto. Não entendi o porquê que só havia quatro cachorros na casa, pois eles eram sete, no total. Realmente não sei se os tutores vieram e levaram alguns e deixaram os outros, realmente eu não sei”, explicou o vizinho.

Paulo Augusto comenta também que sempre ficava atento com a movimentação na casa e que antes escutava muitos latidos. Depois o som foi ficando cada vez mais baixo e quase inaudível. Só então ele subiu para ver o que estava acontecendo.

De acordo com o relato de moradores, os proprietários da casa se mudaram e abandonaram a casa com os sete cachorros no quintal. O vídeo foi postado na manhã da sexta. À tarde, a equipe da Defesa Civil de Itaitinga foi acionada para realizar o resgate dos cães. Os animais tiveram os cuidados da equipe de zoonose do município e estão abrigados atualmente em lugar seguro.

O secretário de Segurança Pública de Itaitinga, o coronel reformado da PM Deladier Feitosa, esteve presente ao local e coordenou os procedimentos para que os animais fossem resgatados. O vídeo do resgate pode ser conferido no vídeo abaixo

O que diz a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, sobre maus-tratos aos animais

Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

§ 1º-A Quando se tratar de cão ou gato, a pena para as condutas descritas no caput deste artigo será de reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, multa e proibição da guarda.

§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.  

Sobre a Imagem.  A foto ilustra a situação em que os animais se encontravam. O quarto cachorro, já morto, também aparece nas filmagens.   

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: